O Pai e o Filho

Eu vou contar a história de um pai que ama muito seu filho.

  pai-e-filho-32

Desde antes do filho nascer, o pai já o amava muito; e sonhava como ia ser estar com o filho, as brincadeiras e as coisas que ele o ensinaria. Quando via algo legal, claro que ele pensava em dar para o filho; E esperou ansiosamente até que o filho estivesse enfim com ele.

pai_e_filho

E o filho tão amado estava finalmente com o pai. O pai cuidava, protegia e provia tudo que o filho precisava. E o filho foi crescendo e descobrindo muitas coisas, aprender muitas coisas com seu pai. Com os brinquedos que seu pai dera ele começou a descobrir novas brincadeiras, fazer novos brinquedos. Uma imaginação e inteligência que orgulhava seu pai. Um dia o filho juntou A + B e criou C, esse foi um dia de alegria e festa. O pai estava tao orgulhoso de seu filho!

Brincadeira-2

Mas toda a descoberta e criação estava tomando muito tempo do filho, e ele estava tao animado e empolgado com as coisas que conseguia construir que passava todo seu tempo empenhado desenvolvendo novas coisas. O pai, sempre por perto, o acompanhava sem interferir. Com o coração sempre grande e cheio de amor pra dar, o pai disfarçava a saudade que estava de ter mais tempo com o filho, de se abraçarem e gastar horas conversando. Mas como todo pai, ele se alegrava em ver o seu filho feliz.

48w9sstjnr7uke9mqnqvn0ypa

E assim o tempo foi passando, e o filho gastava mais tempo com suas criações do que com seu pai. E ele foi se acostumando a ficar longe do pai, a cada dia que passava, a cada conquista e nova descoberta, o filho se sentia mais auto-suficiente, se sentia completo e independente. O pai estava feliz em ver seu filho feliz, embora a saudade de tê-lo em seus braços fosse gigantesca. Ele sorria e continuava provendo pro filho.

E o filho cresceu, e por se achar tão auto-suficiente, ele esqueceu que só tinha conseguido construir C porque o pai proveu A e B pra ele. Ele esqueceu que foi seu pai quem o criou e o ensinou, que deu a ele o melhor de todas as coisas. Que o pai, com amor, foi o maior incentivador do seu crescimento.

Ele começou a achar que seu pai era velho, e não havia nada de valioso para ensiná-lo. Achou que ele sabia mais do que seu pai, e que tudo que o pai tinha dado pra ele, não tinha sido nada mais do que a obrigação dele. Chegou ao ponto de achar que o seu pai estava impendido-o de crescer. Ele estava tao distante do pai, que seu amor esfriou. Ele não dava mais ouvidos ao seu velho pai, e não acreditava no amor dele. Começou a questionar se seu pai era realmente seu pai. Ele queria ter asas pra voar pra bem longe.

Em meio a tantas criações e descobertas, ele perdeu a essência do início, perdeu o “fio da meada” como diz o ditado popular brasileiro. Ele perdeu a razão, o motivo, a justificativa, pelo qual tudo aquilo tinha começado, pelo qual ele tinha sido criado. Ele perdeu o que havia de mais importante e valioso: o Amor.

tumblr_static_tumblr_static_4yqe2jd1wmckwgc4sg0oc4wcw_640

Agora, sem amor, mas cheio de invenções. Ele não deu o braço a torcer e seguiu seu caminho, criando e recriando, ainda que sem sentido algum. Muitas vezes perdido em meio a suas criações. Confuso com tantas coisas, criando uma que destruísse a outra e as vezes até capaz de destruir ele próprio. Mas ele seguiu seu rumo cada vez mais pra longe do pai.

O Pai, sempre cheio de amor, ainda que com o coração triste de ver o filho partir, ficou quieto no seu lugar. Porque o amor pelo filho era tão grande que mesmo que ele estivesse triste, ele queria ver seu filho feliz. E mesmo que seu filho não quisesse, ele arrumaria formas de prover pro seu filho sem que ele desconfiasse. Ele continuaria vigiando seu filho de longe, sempre de braços abertos, pronto pra recebe-lo de volta no dia que ele quisesse voltar.

Um pai que não se cansa de amar!

Às vezes algumas invenções do filho dão errado e pra arranjar uma causa pro seu fracasso, ele culpa o pai. Assim no dia seguinte ele pode se levantar e tentar novamente, sem sentir culpa alguma pelo erro que cometeu. Muitas vezes é o pai quem vai concertar esses erros, e é o pai que provê novos materiais para as novas tentativas do filho. Tudo sem o filho saber que é o pai quem esta provendo. O pai faz isso porque ele acredita no seu filho, no potencial que ele tem. Acredita que ele pode criar muitas coisas boas e pro bem, e tem sempre a esperança que o filho lembre-se que ele o ama. A alegria de um pai não é estar certo e menosprezar a tentativa do filho, mas sim em ajudar o filho a conquistar, a crescer. Assim como quando o filho era criança e não sabia brincar de quebra-cabeça sozinho, ele não sabia onde colocar as pecinhas. E o pai, sempre paciente, dava as dicas, mas não colocava a peça, às vezes até apontava onde era pra colocar, mas sem fazer; pra deixar o filho ter o prazer de colocar no lugar certo. E quando o filho acertava era uma festa! Palmas e gritos de vibração. A alegria do pai é ver o filho aprender, descobrir, desenvolver. É ver o seu filho feliz.

crianca-quebra-cabeca-1374788880431_956x500

O pai nunca deixa de ser pai, e seu amor nunca tem fim. Ainda que seu filho esteja longe, não se lembre mais do seu pai, ou nem acredite que ele seja seu pai; o Pai nunca esquece do seu filho e seu amor nunca acaba e nem diminui.

É um amor incondicional, imensurável, descomunal.

c7c102d68c406e230fb7a9ad20863c36

O nome desse filho é Homem, também conhecido como Ser Humano.

Filho de Deus.

Ainda que o Homem não acredite mais em seu pai, ainda que o Homem se sinta auto-suficiente, inventor, construtor, descobridor de tantas coisas. Ainda que ele culpe seu pai pelos seus problemas (guerras, fome, injustiças, mazelas…) e não reconheça a provisão de Deus em sua vida todos os dias (AGUA, ar, alimentos da terra, sol que aquece, arvores que purificam o ar produzindo oxigênio pro Homem respirar…) Ainda assim Deus não se esqueceu do seu filho amado, de tudo que Ele sonhou pro seu filho, de tudo que ele preparou, que ele fez pro seu filho. Ele nunca deixou e nem nunca deixará de Amar seu filho! E está sempre, 24horas por dia, todos os dias, esperando de braços abertos pelo seu filho Homem.

Como Ele mesmo um dia ensinou para seu filho e espera que seu filho um dia se lembre do que há de mais valioso: Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.

E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.

E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.

O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.

Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;

Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;

Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;

Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;

Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.

Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.

Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.

Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.

1 Coríntios 13:1-13

frases_de_amor_4

Nayanna Amaral

Embora tenha meu nome aqui, eu não me sinto dona desse texto, porque meu mesmo foi apenas as mãos digitando e o coração aberto e transbordando aquilo que nessa madrugada o Espirito Santo começou a me contar. Essa é uma história do coração dEle e eu sou apenas uma filhinha sempre maravilhada pelo Seu amor, que escolheu não dormir pra escutar as batidas do coração do Pai. A mim, me resta agradecer pela noite não dormida mais valiosa dos últimos tempos! te amo Pai!

Advertisements

2 thoughts on “O Pai e o Filho

  1. Uau!!! Apenas chorando e sendo tocada com esse texto! Deus é incrivelmente maravilhoso e tem te usado para falar aos nossos corações!! Obrigada por ser canal dEle nessa terra!

    Like

  2. Nay, seus textos sobre Deus me tocam muito. Li o que você escreveu falando como foi seu caminho na religião e tenho exercido o que você escreveu. Antes tinha a bíblia como decoração e agora tenho utilizado e lido sempre que posso. Nunca tinha percebido o quanto issoé necessário e importante. Depois que tenho lido parece que tudo mudou, e tenho visto um real sentido nas coisas. Tenho sentido mais abertamente o amor dEle por mim, coisa que antes eu até percebia mas não com a mesma intencidade.
    Hoje vejo que somos pequenos, frágeis, limitados diante daquilo que Deus personifica, que Ele é a perfeição máxima do amor.
    Beijos! Deus te abençoe!

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s